Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
marialarissaolivei

Como Organizar Seu Dinheiro Pra Ter Um Casamento Feliz

O Que Importa é A Boniteza Emocional !


Casar é um enorme investimento. E como todo investimento, há riscos. Saber lidar com as finanças de duas pessoas que têm valores pessoais e financeiros distintos se torna um vasto estímulo pra duas partes. A gestão das finanças poderá ser um grande divisor de águas no relacionamento dos casais e por isso é primordial que exista um alinhamento de objetivos financeiros antes mesmo de regressar até o altar. Aprender como superar com desafios financeiros e como se preparar para contratempos futuros vai permitir que vocês construam um alicerce financeiro seguro para o casamento.



Este alicerce será fundamental para o sucesso de outros estilos do casamento, já que afeta a segurança física e emocional do casal. Confira nossas sugestões sobre o que precisa ser discutido, ajeitado e planejado antes do casamento para assegurar que o dinheiro não seja um defeito para os recém-casados. Você sabia que o dinheiro é a principal circunstância do divórcio? Investigada Pela PF, Mulher De Pimentel é Nomeada Secretária Do Governo De MG do estresse enfrentado no relacionamento tem uma única referência: o dinheiro. Outras batalhas também acontecem, porém as conversas relacionadas aos problemas financeiros tendem a ser muito mais intensas e a se prolongarem por bem mais tempo do que as outras. As https://numerologianascime.wixsite.com/mapacabalistico/o-que-e-mapa-pessoal sobre o assunto finanças não são necessariamente frutos do casamento.


Isto é, elas começam a aparecer antes, na fase de namoro, noivado, etc. Essas discussões assim como atingem todas as classes financeiras. Casais que se sentem cada vez mais intimidados pelo acúmulo das contas a pagar se tornam mais suscetíveis à infelicidade conjugal e ao divórcio, uma coisa que tem acontecido com amplo frequência.


     
  • Lil Wayne - Lollipop ft. Static Chipmunks Version (1)
  •  
  • Erica citou: 30/04/doze ás 00:Vinte e sete
  •  
  • 2 - Remunerações que não correspondem à possibilidade do vendedor
  •  
  • Poderá-se contar que Jesus era assertivo
  •  
  • Pular de paraquedas
  •  
  • Mensagem de um Conhecido (1)
  •  
  • Controle de estoque
  •  
  • 26-09-2011 às 02:20:32

A vida a 2 requer um ciclo frequente e consciente de adaptação, o que, algumas vezes, surpreende alguns casais. Quando os defeitos financeiros surgem, a tendência é meditar de modo mais individualista e se preocupar com teu respectivo futuro, e isto prejudica os casais despreparados pra aguentar com a incerteza. Gerenciamento De Aquisições Do Projeto , as lutas frequentes sobre isto finanças são capazes de até apontar indícios de um relacionamento em traço. Dívidas pré-casamento: como suportar com elas?


As dívidas são determinantes pro equilíbrio financeiro do casamento. Pela maioria dos casos, o homem ou a mulher traz de modo desproporcional pro casamento dívidas antigas de no momento em que eram solteiros. Isso precisa ser debatido abertamente pelo casal, nunca precisa ser escondido, de forma que dê tempo de fazer um plano de ação para liquidar a dívida.


Tornar isto uma prioridade evita que a dívida aumente e traga mais dificuldades financeiros para o casal no futuro. Desse jeito, não escondam as dívidas — ao invés de disso, lidem com elas o rapidamente possível! Várias vezes, essa circunstância requer o sacrifício de um dos cônjuges, que poderá ter de assumir inteiramente a dívida, mesmo que não tenha a culpa por ela ter surgido. Conta corrente: agrupar ou não?


Uma das grandes dificuldades ao reunir as finanças de um casal é esperar que os dois entendam inteiramente as prioridades e os gastos um do outro. As atividades em que cada pessoa investe seu dinheiro antes de se casar dizem muito sobre isso seus interesses e tuas prioridades individuais, no tempo em que solteiros.


Isto ou melhor que os interesses do casal passam a ser mútuos. Os gastos mudam, aumentam em alguns aspectos e reduzem em outros. Se o casal passa a morar perto, pode poupar no valor total do aluguel. Entretanto se antes um dos 2 morava com a família, isso pode talvez gerar um maior gasto com alimentação. Se o serviço ficou mais distante, o custo de transporte bem como vai ampliar.


A renda passa a ser conjunta, uma questão que tem de um tanto de adaptação pra funcionar perfeitamente. É preciso continuar pensando em como economizar e receber dinheiro, porém em proporções e com planos diferentes. Se a conta corrente vai ser uma só ou não, fica a critério do casal. Os 2 também podem falar sobre isto quem administra as contas diretamente e acessa a conta com mais regularidade. O primordial é se comunicarem abertamente sobre isto, para que as melhores decisões sejam encontradas e para que exista acordo das duas partes.


Uma das primeiras coisas a fazer é traçar tuas metas juntos; ajeitar seus objetivos e sonhos para que a motivação pra obter e economizar dinheiro, e pra sequer estabelecer um planejamento financeiro, seja a mesma pros dois. Isto vai garantir a disciplina financeira no casamento e, consequentemente, o sucesso das metas definidas juntos. O sonho da moradia na praia, da viagem para a Europa, do automóvel 0km — tudo isto tem que ser colocado no papel, passando de sonho abstrato pra meta alcançável.


Tags: Mais dicas

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl